Terça, 28 de setembro de 2021
Buscar
Fechar [x]
GERAL
03/02/2021 13h45

Idosos se recusam a tomar vacina após padre dizer que são feitas “com fetos abortados”

O padre Claudemir Serafim, de Pedras Grandes (SC), afirmou durante sermão que há problemas morais em relação à vacina e que ela não é católica

O padre de Pedras Grandes (SC), Claudemir Serafim, afirmou durante seu sermão na missa dominical, no último dia 24 de janeiro, que há problemas morais em relação à vacina contra o coronavírus e que está comprovado que o imunizante é feito com fetos abordados.



Por conta das afirmações do padre, alguns idosos que frequentam as missas dizem que vão se recusar a tomar a vacina após a informação repassada na igreja. No vídeo que circula pelas redes sociais ele fala o seguinte:



 “O vírus não é católico porque odeia nosso Senhor e tem fechado as igrejas e a salvação para a nossa vida, nossa alma, não está na vacina. Há vários problemas morais em relação à própria vacina, que está comprovado que é feita com fetos abortados. Dos milhões de abortos muito mais elevados do que as mortes por coronavírus no mundo destes pobres seres humanos jogados nas lixeiras dos hospitais, fizeram vacinas”, diz o padre.



O padre também afirmou que há uma nota da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé - uma das congregações da Cúria Romana, órgão da Santa Sé -, aprovada pelo papa Francisco, que reconhece a existência de vacinas feitas com "linhas celulares de fetos abortados".




CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que diz o Vaticano



Em nota publicada no Vatican News, a sede da Igreja Católica afirmou que, no caso da atual pandemia, “podem ser usadas todas as vacinas reconhecidas como clinicamente seguras e eficazes com a consciência certa de que o uso de tais vacinas não significa cooperação formal com o aborto do qual derivam as células com as quais as vacinas foram produzidas”.


A entidade disse ainda que é “moralmente aceitável o uso de vacinas anti-Covid-19 que tenham usado linhas celulares de fetos abortados no seu processo de pesquisa e produção”. Ainda assim, o Vaticano pediu que a indústria farmacêutica desenvolva vacinas totalmente éticas.



O que diz o Bispo Dom João Salm


O Bispo declarou que desde o início da pandemia a igreja orientou sobre os cuidados contra a covid-19. “Respeitamos todas as orientações. Receber a vacina é um desejo da maioria. Nós incentivamos a vida. Lamentamos que um padre tenha dito isso. Nosso evangelho prega a vida. Hoje, há muitas notícias mentirosas sobre a vacina. A ciência é um dom e precisamos acreditar nisso”, completa o bispo.


Fonte: HC Notícias/ Diário do Sul/ SulAgora
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.