Segunda-feira, 02 de agosto de 2021
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
25/01/2021 17h53

Polícia Civil de Imaruí conclui inquérito com dois indiciados presos pelo duplo latrocínio na cidade

Criminosos foram presos nas cidades de Içara e Tubarão

A Polícia Civil de Imaruí concluiu o Inquérito Policial que apurou as circunstâncias do roubo seguido de morte que agoniou a comunidade de Tamborete no início de outubro de 2020, indiciando e prendendo os responsáveis que vitimaram os irmãos Antônio Matias e Paulo Matias.



Relembre o caso:


Na madrugada do dia 02 para o dia 03 de outubro de 2020, a Polícia Civil foi acionada para atender uma ocorrência na comunidade de Tamborete, na cidade de Imaruí em que os irmãos foram atingidos por golpes de faca na região torácica, resultando na morte de Antônio Matias no local e na morte de Paulo Matias dias depois, por complicações decorrentes das facadas.



A Polícia Civil constatando-se de pronto a hipótese de Latrocínio (roubo seguido de morte), já que os autores teriam levado alguns pertences da vítima e dinheiro, bem como que o objetivo principal era a subtração de uma caminhonete pertencente à Paulo. 



Em um dos poucos momentos de lucidez, Paulo conseguiu relatar aos policiais civis que dois autores arrombaram a porta da frente de sua residência e já adentraram desferindo um golpe de faca, tanto é que enrolaram um pano no rosto da vítima que já estava banhado em sangue.  



Na sequência, os autores empreenderam fuga pelo mato que fica nas proximidades da residência, onde abandonaram alguns objetos subtraídos, dentre eles documentos das vítimas. Também foi encontrada nas proximidades a faca usada no cometimento do crime, ainda com sangue, e parte das vestes dos autores. 


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A partir de diligências sigilosas, a Polícia Civil de Imaruí conseguiu identificar os autores do crime, e ainda em outubro de 2020, foi representado pela prisão preventiva dos dois autores identificados, a qual foi prontamente deferida pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público local.



Prosseguindo nas investigações apurou-se que os autores estavam em local incerto e foragidos da Justiça, permanecendo escondidos até semana passada, quando os dois foram presos nas cidades de Tubarão e Içara. 



Com a prisão, procedeu-se ao interrogatório dos envolvidos, finalizando assim as diligências investigativas e concluindo o Inquérito Policial, o qual foi encaminhando ao Ministério Público e ao Poder Judiciário para as medidas judiciais cabíveis. 


Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.