Sábado, 25 de setembro de 2021
Buscar
Fechar [x]
GERAL
01/02/2021 10h11

Observatório de Pesquisas e Estudos de Mulheres Negras ganha força na região

Juliana Regazoli esteve nesta segunda-feira (01) no Jornal Hora Hiper



Ganhando força região, o Observatório de Pesquisas e Estudos de Mulheres Negras vem tratando das demandas da população negra no combate ao racismo e também na busca pela garantia de direitos e estabelecimento da dignidade enquanto humanos.



Juliana Regazoli, cofundadora do Observatório esteve no Jornal Hora Hiper desta segunda-feira (01), e falou sobre as questões que envolvem a intolerância religiosa, população LGBTQIA+, violência contra à mulher negra, saúde da população negra, segurança alimentar, cotas raciais, entre outras.



“Estar entre mulheres negras é poder compartilhar de nossas dores e de nossas potencialidades, onde temos um ambiente acolhedor e de respeito às diversidades. O Observatório tem proporcionado colocarmos nossas vozes no mundo e ocuparmos espaços que são nossos por direito, mas que secularmente nos foi negligenciado” enfatiza.



Em entrevista, ela também falou sobre Luanda Cruz, uma mulher transexual de 25 anos da cidade de Tubarão, que recentemente, sofreu uma tentativa de homicídio, levando um tiro no pescoço outro no ombro em Curitiba. Confira os detalhes.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.