Sexta-feira, 12 de agosto de 2022
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
30/06/2022 18h00

Morte de duas crianças em condomínio de Criciúma é investigada

Equipes da Vigilância Sanitária encontraram fezes de rato e barata em duas caixa d'águas próximas ao local

A causa da morte de duas crianças em um condomínio residencial no bairro São Sebastião, em Criciúma, está sendo apurada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Os casos ganharam repercussão após o relato de um pai nas redes sociais. Em publicação no Facebook, ele contou que a filha de 2 anos apresentou sinais de virose na sexta-feira (24) e foi levada para o hospital, onde recebeu atendimento médico e retornou para a casa.

Contudo, de acordo com o relato dele, a garota precisou ser levada novamente às pressas para o hospital no sábado (25) com crise de convulsões. Ele acrescenta ainda que a filha teve uma parada cardíaca e foi tentado reanimá-la por mais de 40 minutos, mas sem êxito.

Na publicação, o morador do condomínio também conta que, enquanto estava velando a filha, o irmão de um ano teve os mesmos sintomas e foi levado para o hospital, onde está em tratamento.

Segundo o homem, há pouco tempo no residencial também faleceu repentinamente um menino de cerca de dois anos. Além disso, o morador pediu que o caso seja apurado. 

“Nada nesse mundo vai trazer minha filhinha de volta, mas como pai peço as autoridades competentes: Vigilância Sanitária, Epidemiológica e órgãos de saúde, que investiguem o caso para que as minhas lagrimas hoje não sejam também a de outros pais do residencial”, escreveu.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apuração

Segundo o secretário de Saúde de Criciúma, Arleu da Silveira, o caso está sendo apurado desde segunda-feira (27). “Quando tivemos conhecimento do óbito de duas crianças, solicitei imediatamente que a equipe de Vigilância Sanitária fosse, junto com a Zoonoses, até o local”, comentou.

De acordo com o secretário, as equipes localizaram em duas caixas d’água, no entorno do residencial, fezes de rato e barata. O condomínio acabou sendo notificado para realizar a limpeza.

Ainda conforme o chefe da pasta, a causa da morte da garota ainda está sendo apurada. “O exame da criança deu negativo para meningite e o laudo deu água potável para uso. Agora, encaminhamos alguns materiais para serem analisados em Florianópolis”, explicou.

Em nota, a Prefeitura de Criciúma informou que o setor de Agravos recebeu informações sobre os dois óbitos por meio de notificações no dia 27 de junho. As mortes teriam acontecido nos dias 25 e 26 do mesmo mês , e as crianças eram residentes do Condomínio Jardim União, localizado no bairro São Sebastião, em Criciúma.

Conforme a prefeitura, além dos dois óbitos, outras duas crianças residentes no condomínio encontram-se hospitalizadas após apresentarem os mesmos sintomas: febre, vômito e diarreia. O quadro de saúde delas é estável.

Informação de bactéria na água é desmentida pela Casan

Circulou nas redes sociais também a mensagem de que as morte teriam sido causadas em virtude de uma bactéria na água distribuída pela Casan.

Em nota, a companhia lamentou a disseminação de notícia falsa e reforçou que toda água tratada e distribuída segue o padrão de qualidade exigidos pelo Ministério da Saúde.

A Casan ainda afirmou que mantém dez laboratórios de Controle de Qualidade da Água, distribuídos no território de Santa Catarina, sendo um deles em Criciúma.

“Essas equipes realizam um controle constante da água, com análises físico-químicas e microbiológicos da água bruta, tratada e distribuída. São realizados ao ano aproximadamente 500 mil ensaios de monitoramento dos parâmetros básicos recomendados pelo Ministério da Saúde”, diz a nota.

O superintendente regional da Casan, Gilberto Benedet, também  informou que a companhia está junto com o jurídico verificando medidas contra quem estiver disseminando informações falsas.

Receba as principais informações do portal em nosso grupo de leitores do WhatsApp. https://chat.whatsapp.com/JBufyOx032T3Jer1iObXse


Fonte: ND+
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.