Sábado, 15 de junho de 2024
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
07/04/2024 17h39

SC adota dose única da vacina contra HPV

Estado segue orientação do Ministério da Saúde. Público-alvo são meninos e meninas de 9 a 14 anos.

Santa Catarina adotou o esquema de dose única para a vacina contra o Papilomavírus Humano, o HPV, micro-organismo responsável pela maior parte dos casos de câncer de colo de útero. A medida segue orientação do Ministério da Saúde.

O público-alvo da vacina são meninos e meninas de 9 a 14 anos. O objetivo da vacina é “intensificar a proteção contra o câncer de colo do útero e outras complicações associadas ao vírus”, conforme o Ministério da Saúde

Antes, eram necessárias duas doses, com um intervalo de 6 meses entre elas, para completar o esquema vacinal. A mudança para dose única segue as recomendações mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive).

Com a mudança, o Ministério da Saúde quer aumentar a adesão à vacinação, ampliar a cobertura e, consequentemente, evitar novos casos de câncer de colo do útero. A proteção da vacina se estende para outros tipos, como o câncer de pênis, ânus, orofaringe, vagina e vulva.

Em Santa Catarina, atualmente, a cobertura da vacina contra o HPV está em 65,2% para os meninos e de 81,24% para as meninas, conforme a Dive. A meta do Ministério é de 90%.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dose única é recomendada pela OMS

A decisão segue uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) feita em 2022. Na ocasião, os especialistas revisaram evidências da eficácia de duas ou três doses nos esquemas recomendados e concluíram que uma dose da vacina já oferecia uma proteção significativa contra o HPV.

Segundo a OMS, a adoção do esquema de dose única para a faixa etária de 9 a 20 anos pode auxiliar no aumento da cobertura vacinal, a inclusão de outros públicos prioritários e facilitação da introdução da vacina contra o HPV em programas de imunizações nos países de média e baixa renda. No Brasil, a adesão segue abaixo da meta.



Receba as principais informações do portal em nosso grupo de leitores do WhatsApphttps://chat.whatsapp.com/GFBj961lXAC5HR6GTjhg4J


Fonte: Redação/G1. Foto: Instituto Butatan/Divulgação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.