Domingo, 20 de junho de 2021
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
17/11/2020 14h17

Novembro Azul: Câncer de próstata é o segundo mais comum nos homens

Jovens e mulheres também devem procurar o urologista

Novembro é o mês dedicado ao alerta para a importância da conscientização a respeito de doenças masculinas, especialmente a prevenção do câncer de próstata, o mais frequente entre os homens brasileiros depois do câncer de pele. 



O urologista da pró-vida, Michael Ramos explica que como em todos os casos de câncer, a prevenção através de exames periódicos e uma vida saudável, incluindo alimentação e atividades físicas são as regras básicas de prevenção.



Ele explica que a próstata é uma glândula que fica um pouco abaixo da bexiga, que faz parte do sistema reprodutor masculino e tem entre 20 e 30 gramas. Ela faz parte da produção do esperma e o canal urinário (uretra) passa por dentro desta glândula.



Em relação aos sintomas, Michael explica que “o câncer da próstata cresce numa parte que não tem contato externo, portanto pode não haver sintomas no começo, e por isso a importância da prevenção. Em estágios mais avançados o homem pode perceber, dificuldade para urinar ou micção frequente, sangramento com a urina ou no sêmen entre outros.



A partir dos 50 anos, o homem deve fazer o exame do toque retal (que dura de 10 a 15 segundos) e o de sangue (PSA). “Os dois exames juntos se complementam e aumenta a taxa de encontrar alguma alteração. Um não substitui o outro e caso haja suspeita, o nódulo vai para biopsia para ser averiguado, explica o urologista.





CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Homens com casos na família e de pele negra tem mais tendência a ter câncer de próstata, e para eles a idade para começar a prevenção baixa para os 45 anos. 



Dr. Michael explica que o tratamento é individualizado, e pode ser cirúrgico (robótica, tradicional ou laparoscopia), por radioterapia, quimioterapia, e com hormônios pra controlar a progressão da doença. Em casos iniciais há possibilidade de primeiro acompanhar o desenvolvimento da doença, regrado e com exames e consultas periódicas.



A próstata também pode causar outros problemas, como a aumento benigno da próstata, principalmente nos idosos a maior incidência. Como o canal urinário passa ali por dentro, dificuldade para urinar, fazer força, jato menor, entre outros são sintomas destas patologias e do câncer também.



A Associação Brasileira de Urologia também fez a campanha “Vem pro Uro”, para conscientizar a população que o urologista pode ser procurado também pelos jovem e pelas mulheres. campanha, Os adolescentes, devem procurar o atendimento com o urologistas, para tirar dúvidas sobre sexualidade, doenças sexualmente transmissíveis, tumor de testículo (que acomete a população jovem de 20 a 30 anos) , entre outras temas.



E as mulheres , acabam procurando o profissional para tratamento de pedras nos rins, infecção urinária, bexiga hiperativa e incontinência urinária, por exemplo.

Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia