Terça, 22 de junho de 2021
Buscar
Fechar [x]
SAÚDE
20/01/2021 16h44

Coronavírus em SC: matriz de Risco aponta Amurel para nível grave

Quatro regiões foram reclassificadas do nível gravíssimo para o grave: o Extremo Oeste, Laguna, Extremo Sul e Xanxerê.

A Matriz de Risco Potencial, divulgada nesta quarta-feira, (20), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), classifica nove das 16 regiões de saúde catarinenses como em alerta gravíssimo para transmissão do novo coronavírus. No último boletim, publicado no dia 13, eram 13 as regiões no patamar mais alto para o risco de transmissão.



A região de Laguna (Amurel) composta por 18 cidades voltou para o patamar grave na matriz de risco potencial usada pelo Governo de Santa Catarina que avalia o avanço do novo coronavírus no estado. Além da região de Laguna, Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Oeste, Extremo Sul Catarinense, Médio Vale do Itajaí e Xanxerê, também foram classificadas em nível grave



Em relação aos dados da última semana, quatro regiões foram reclassificadas do nível gravíssimo para o grave: Extremo Oeste, Laguna, Extremo Sul e Xanxerê. A Grande Florianópolis retornou para o nível gravíssimo após permanecer uma semana no nível grave, estando com os níveis de monitoramento, transmissibilidade e óbitos no patamar mais alto de atenção. O Extremo Sul Catarinense é o que apresenta o nível de capacidade de atenção mais confortável, apresentando o nível moderado.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: SES / Arte: SES
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia