Sábado, 18 de setembro de 2021
Buscar
Fechar [x]
SEGURANÇA
04/02/2021 16h30

Vítima de maus-tratos, cavalo é resgatado em Tubarão

Além dos ferimentos, animal estava em inanição, desidratado e, aparentemente, abandonado no local pelo dono em virtude de não ser mais útil

Um cavalo vítima de maus-tratos foi resgatado hoje (4) em Tubarão. O equino está agora aos cuidados da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ).



A Guarda Municipal (GM) recebeu a denúncia pelo número 153. Ao chegarem em um terreno no bairro Passagem, os agentes o encontraram deitado.



Servidores da UVZ foram ao local para resgatar o animal e aplicar os primeiros socorros. O cavalo é idoso, cerca de 20 anos, estava em avançado estado de desnutrição, diversas lesões pelo corpo e úlcera de pressão por estar há dias deitado na mesma posição. 



Ele conseguiu ficar em pé, comeu e bebeu água, mas a recuperação é incerta por causa da idade avançada e da delicada situação de saúde em que se encontrava.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O proprietário do animal foi conduzido pela GM à Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais (DTCA), da Polícia Civil (PC), para prestar esclarecimentos. Segundo a PC, o animal estava, além das lesões, e todo o seu estado, com aparência de ter sido abandonado no local pelo dono em virtude de não ser mais útil.



O cavalo está em tratamento e análise clínica na UVZ. O responsável responderá a procedimento policial por maus-tratos a animais.



Receba as principais informações do portal em nosso grupo de leitores do WhatsApp. Acesse https://chat.whatsapp.com/HeG3PqbYKi46U6f677uvai



Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.