Domingo, 21 de julho de 2024
Buscar
Fechar [x]
POLÍTICA
12/06/2024 10h11

Após denúncias, Governo Federal anula leilão de arroz e secretário de Política Agrícola pede demissão

O nome do secretário foi envolvido em controvérsias após denúncias de participação de uma corretora ligada a um ex-assessor no certame

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (11), o governo federal anunciou a anulação do leilão de compra internacional de arroz após denúncias de que as empresas vencedoras não eram do ramo e não tinham capacidade para realizar a importação. O leilão, que havia arrematado 263,7 mil toneladas de arroz importado, tinha como objetivo evitar a alta dos preços do produto no mercado interno.

O secretário de Política Agrícola, Neri Geller, pediu demissão nesta manhã. De acordo com o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, o pedido foi aceito e Geller será exonerado do cargo. Seu nome foi envolvido em controvérsias após denúncias de participação de uma corretora ligada a um ex-assessor no certame.

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), ao convocar as empresas vencedoras, constatou que elas não tinham capacidade para cumprir a entrega. Entre as vencedoras, havia sorveterias e locadoras de máquinas, sendo a Zafira Trading a única do ramo, conforme revelado pelo Estadão.

A decisão de anular o leilão foi tomada em uma reunião com o presidente Lula (PT) e anunciada pelo presidente da Conab, Edegar Pretto, pelo ministro Carlos Fávaro e pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira. Pretto explicou que, como o leilão foi feito através de Bolsas de Mercadorias, o segmento das empresas vencedoras só foi descoberto após o resultado. "A partir da revelação de quem são essas empresas, começaram os questionamentos se essas empresas teriam capacidades técnicas e financeiras para honrar os compromissos de um volume expressivo de dinheiro público", disse.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um novo leilão será realizado, mas ainda não há data definida. O ministro Fávaro afirmou que a AGU (Advocacia-Geral da União) ajudará na elaboração do novo edital para garantir "mais transparência".

A anulação do leilão foi comemorada pela bancada do agro. Pedro Lupion (PP-PR), presidente da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária), anunciou o cancelamento durante a reunião semanal do grupo, sendo recebido com aplausos pelos parlamentares.



Receba as principais informações do portal em nosso grupo de leitores do Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/GFBj961lXAC5HR6GTjhg4J 


Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.