Terça, 19 de outubro de 2021
Buscar
Fechar [x]
GERAL
08/01/2021 14h05

Laguna proíbe uso de fogos de artifício sonoros

Brasil caminha para proibição total de fogos com poluição sonora

O prefeito Samir Ahmad (PSL) sancionou ontem (7), o projeto de lei n° 0053/2020 aprovado em dezembro pela Câmara de Laguna que proíbe o uso desses artefatos na cidade. 



O projeto foi proposto pela vereadora Nadia Tasso lima (DEM). “Mais uma vitória em defesa dos animais que sofrem com o barulho dos fogos. Agradeço aos Vereadores e ao Prefeito pela aprovação desta importante iniciativa para o bem-estar da nossa população”, informou a vereadora pelas redes sociais.



A lei proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampidos e de artifícios, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso na cidade, em qualquer local, seja aberto ou fechado. A infração resultará em multa que deverá ser regulamentada pela prefeitura em 90 dias. A única exceção da lei é para os fogos-de-vista, que produzem efeitos visuais sem estampido, assim como os similares que provoquem barulho de baixa intensidade.



Caberá ao poder público, o armazenamento e fiscalização caberão ao poder público, juntamente com parcerias das instituições, fundações, autarquias ou demais órgãos da administração direta ou indireta que possam colaborar para exercício pleno da lei.




CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cachorro do governador do estado morreu no Revéillon após fogos de artifício



A morte do cachorro da família de Carlos Moisés da Silva, na noite de Réveillon, fez o governador falar em desestímulo aos fogos de artifício com sons em Santa Catarina. Em vídeo divulgado nesta quarta-feira (6) em que anuncia a adoção de uma cachorrinha, Moisés conta que o antigo cão, Tobias, morreu no dia 1º de janeiro de 2021 após se assustar com os fogos. Ele não teve ferimentos, mas foi encontrado sem vida no pátio da Casa D'Agronômica, em Florianópolis.



Durante o vídeo, Moisés diz que "chamou bastante a atenção o quanto os animais sofrem com a questão dos fogos de artifício com som". E completou: "a gente até está pensando em alguma coisa para estimular os fogos de artifício, talvez, com cores, luzes, e desestimular o uso de fogos com esse barulho todo porque tem asilos, hospitais, enfim, uma série de instituições que sofrem com o disparo de fogos de artifício".



Com a morte do cão Tobias, Moisés e a família adotaram Sofia, uma cachorrinha que foi resgatada em situação de abandono pelo projeto "Ajude o Chico" (@ajude_o_chico), de Florianópolis.



Brasil caminha para proibição total de fogos com poluição sonora



Os fogos de artifício que causam poluição sonora foram proibidos em diversas cidades pelo Brasil. Conscientes das consequências negativas provocadas aos animais pelo barulho das explosões, políticos apresentaram projetos de lei para proibir os fogos. Aprovados e sancionados, os projetos se transformaram em leis em vários municípios, em outros, seguem em discussão




Fonte: Foto: Grupo Hiper de Comunicação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.