Segunda, 27 de maio de 2024
Buscar
Fechar [x]
GERAL
02/03/2024 11h26

Empresária de Tubarão pode ser condenada a 17 anos de prisão pelos atos do dia 8 de janeiro

O julgamento está em curso e deve encerrar em 8 de março

empresária Camila Mendonça Marques, de Tubarão, enfrenta um julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) com a possibilidade de ser condenada a 17 anos de prisão pela sua participação nos ataques a prédios públicos em Brasília, ocorridos em 8 de janeiro. O ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, emitiu seu voto pedindo a condenação e destacando a gravidade dos crimes, incluindo abolição violenta do Estado Democrático de Direito e associação criminosa armada. Além da pena de prisão, Moraes solicitou o pagamento de R$ 30 milhões em indenização por danos morais coletivos. O julgamento está em curso e deve encerrar em 8 de março.

O julgamento da empresária Camila Mendonça Marques, de Tubarão, no Supremo Tribunal Federal (STF), iniciou-se nesta sexta-feira, dia 1º, com o voto do relator Alexandre de Moraes. Moraes pediu a condenação de Camila à pena de 17 anos por sua participação nos ataques contra prédios públicos em Brasília, ocorridos em 8 de janeiro. O ministro argumenta que a ré teve participação ativa nos eventos, comprovada por evidências como fotos e vídeos encontrados em seu celular, além de auxílio financeiro aos atos. O julgamento está previsto para encerrar no próximo dia 8, aguardando os votos dos demais ministros da Suprema Corte. 


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 



Receba as principais informações do portal em nosso grupo de leitores do Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/GFBj961lXAC5HR6GTjhg4J


Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.