Terça, 19 de outubro de 2021
Buscar
Fechar [x]
GERAL
22/10/2020 08h37

Braço do Norte comemora 65 anos de história

Mesmo sem sua tradicional festa por conta da pandemia, a cidade têm muito a comemorar

Hoje é dia de celebrar a vida, as mudanças, o desenvolvimento econômico e principalmente comemorar uma história rica de lutas e vitórias, que fizeram com que Braço do Norte chegasse aos seus 65 anos como a “Capital Nacional do Gado Jersey e das Molduras”. Além de ser uma grande produtora de suínos e peixes de água doce.



O agronegócio é um grande exemplo, cresce a cada dia através de industrias que são reconhecidas mundialmente.



Os 33.876 mil habitantes da cidade têm muito que comemorar, mesmo que esse ano a cidade não tenha realizado a sua tradicional festa e nem mesmo o feriado por conta da pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com um PIB per capita anual de R$ 34.745,45 (dados IBGE, 2017) , a cidade de Braço do Norte se destaca também por ser umas das cidades no sul do estado que mais cresce e gera empregos. A escolaridade também chama a atenção, segundos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, entre os habitantes de 06 a 14 anos 98,9% frequentam escola.

A história de emancipação político-administrativa começou bem antes. Em 1943, houve uma audiência com o interventor Nereu Ramos para pedir a criação do município. A comissão era composta pelos mais influentes políticos de Braço do Norte, Rio Fortuna e Grão-Pará. E foi a presença dos representantes de Grão-Pará que impediram que a emancipação ocorresse ainda naquele ano.



De acordo com o que está eternizado na história de Braço do Norte, Nereu Ramos logo prometeu: “Em oito dias, terão o município, mas sem Grão-Pará. Este distrito não pode ser destacado de Orleans”. De fato, o deputado Mussi conseguiria a aprovação e um parecer que não tocasse no território de Orleans para a criação de outros municípios.



A delegação de Grão-Pará foi recusada esta solução, e Braço do Norte se retirou sem dar resposta, contando com o peso político nas eleições já próximas, achando que o interventor iria procurá-los mais tarde. O interventor Nereu Ramos fez uma comissão pra ver que Braço do Norte poderia e precisava de um representante na Assembleia Legislativa. De fato, em vez do município, conseguiram eleger um deputado, Frederico Kuerten, um grande batalhador, aliás, da causa municipalista.



Só dez anos depois, em 31 de dezembro de 1953, pela lei nº 1.022/53, conseguiu-se a criação do município, e nas condições apresentadas por Nereu Ramos, sem Grão-Pará. Foi nomeado prefeito provisório o tenente Pedro Nogueira de Castro. Mas os deputados do PSD, na previsão de que o partido perderia as eleições no recém-criado município, interpuseram recurso, alegando a inconstitucionalidade da criação, não contando com os dez mil habitantes requeridos.




A Hiperativa têm orgulho de ser Braçonortense e de fazer parte da história deste município empreendedor.Há 11 anos, compartilhamos informações, músicas, promovemos shows e centenas de promoções, porquê nossa missão é comunicar, informar e alegrar os seus dias.  

Obrigado BRAÇO DO NORTE por sintonizar diariamente, 96,7 FM! 


Por aqui, continuamos fazendo a programação que você ama e desta forma ajudando a construir a história de uma das cidades que mais cresce no Sul de Santa Catarina.


Parabéns Braço do Norte pelos 65 anos de emancipação!


 E muito obrigado pelo 1° Lugar em audiência.

Fonte: Redação
Hora Hiper

Tubarão / SC
Avenida Marcolino Martins Cabral, 1788, Edifício Minas Center, Sala 507, 88705-000, Vila Moema
(48) 3626-8001 (48) 98818-2057
Braço do Norte / SC
Rua Raulino Horn, 305, 88750-000, Centro
(48) 3626-8000 (48) 98818-1037
Hora Hiper © 2020. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.